Hotéis na Itália

Molise

Termoli: à descoberta do litoral do Molise

Você conhece o Molise? Não?  É a segunda menor região da Itália, localizada na costa sudeste da “Bota” entre o Abruzzo e a Puglia, um lugar ainda pouco explorado pelo turismo de massa.

Agora que já se localizou geograficamente, vamos à descoberta de Termoli, uma antiga vila de pescadores, hoje uma famosa meta de veraneio na Costa Adriática, graças aos vários quilômetros de praias com ótima infraestrutura.

De fato, durante o verão, a cidade ferve e o número de habitantes praticamente triplica. As praias muito bem cuidadas de Termoli lhe proporcionaram – por muitos anos consecutivos – o título de Bandiera Blu (Bandeira Azul). Trata-se de um reconhecimento internacional atribuído às localidades marítimas que respeitam os critérios relativos à gestão sustentável do território ou, para simplificar, são aquelas praias que não são só limpas, mas que também possuem uma boa infraestrutura para os banhistas, ciclovia, coleta seletiva do lixo, etc.

 

O que ver em Termoli

Além das praias, as principais atrações de Termoli se concentram no Borgo Antigo, considerado um dos centros históricos mais bonitos da Itália, e que, situado em uma posição elevada de uma pequena península, divide o litoral em dois – norte e sul. Foi justamente ali que se desenvolveu a cidade, a qual nasceu de uma vila de pescadores e que, ao longo dos séculos, se viu destruída por terremotos, saqueada por piratas e invadida por turcos e venezianos.

Um passeio pelo Borgo Antico

Passear a pé pelo centro histórico de Termoli é um prazer para os olhos. Iniciando pela porta de época medieval que separa a Termoli “moderna” da antiga, caminhe sem rumo pelas pitorescas vielas de pedra e suas casas coloridas. São vários os restaurantes, pizzarias e pequenas lojas de produtos típicos.

Termoli

No centro do Borgo Antigo fica a Piazza Duomo, com sua claríssima catedral do século XII em estilo românico. As escadarias da igreja são o ponto de encontro da população local e, nos fins de semana, a praça está sempre cheia.

Detalhe da Catedral de Termoli

 

Por fim, um calçadão circunda o inteiro centro histórico. Termine o passeio dando a volta no Borgo Antigo, de uma extremidade à outra, até chegar na antiga torre. Aproveite e relaxe em um dos inúmeros barzinhos com vista para o Mar Adriático. Sente-se, peça um drink e brinde à beleza de Termoli.

Torre de Termoli

 

Quando ir a Termoli

Por ser uma cidade tipicamente de veraneio, o ideal é visitá-la entre maio e setembro. No final de agosto acontece a festa mais importante de Termoli: o Festival do Peixe (em italiano, Sagra del Pesce). Nesta ocasião, toneladas de peixe, camarões e lulas são fritos e servidos à população e aos turistas, que ao som de muita música, degustam as iguarias acompanhadas por litros e litros de cerveja. Tentador, não?

 

Onde ficar em Termoli

Em Termoli eu me hospedei no Hotel Santa Lucia, um quatro estrelas de frente para o mar e com uma posição fantástica. Havíamos escolhido este hotel porque ele dispõe de estacionamento gratuito, mas no fim das contas a nossa escolha foi certeira também no que diz respeito à localização e serviços. Voltando a Termoli, me hospedaria lá novamente.

Veja tarifas e disponibilidade do hotel clicando AQUI.

Gostou? Então compartilha!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Conteúdo protegido!!