Hotéis na Itália

Lago de Resia

Lago de Resia, Curon Venosta: A história da torre submersa

É provável que, ao navegar pelas redes sociais, você já tenha visto imagens do Lago de Resia. Além disso, o lago também ficou popular depois de ter aparecido na série Curon, da Netflix.

A peculiaridade desse lago, além da beleza da paisagem que o circunda, é que no meio dele surge uma torre de uma igreja. Parece muito pitoresco, mas a história por trás disso é uma história de deslocamento.

O Lago de Resia fica no Tirol do Sul, na região italiana do Trentino-Alto Ádige, já perto da fronteira com a Áustria e a Suíça.

Dica de livro:
O romance Daqui não saio, do escritor italiano Marco Balzano lançado em 2018, conta a história de Curon durante o Fascismo e como os habitantes da localidade ao redor do Lago de Resia passaram pela guerra e como eles tiveram que desistir de suas terras. O autor fala sobre as pessoas, a força e o apego às próprias raízes. Enfim, é a história de famílias, de homens e mulheres que lutaram, amaram e perderam muito. Veja outras informações sobre o livro na Amazon.

Lago de Resia

A história do Lago de Resia e a torre afundada

A história do Lago Resia e de sua torre sineira remonta à década de 50. Naquela ocasião, cinco anos após o fim da II Guerra Mundial, foi concluída a construção de uma grande barragem para a produção de energia hidrelétrica, unindo duas das três bacias naturais na Passagem de Resia: Lago Resia e Lago Curon.

Dessa forma, a água engoliu para sempre a cidade velha de Curon Venosta e parte da cidade de Resia, que hoje repousa a 22 metros de profundidade. Apesar dos protestos, seus moradores foram forçados a abandonar suas casas, empregos e tudo o que tinham. No entanto, eles se mudaram para perto, fundando uma nova cidade de Curon Venosta.

Assim, a recordar este acontecimento, ainda permanece a torre igreja de Santa Caterina d’Alessandria, datada de 1357, única construção que sobreviveu à explosão que demoliu cerca de 160 edifícios.

Diz a lenda que, nas noites de inverno, quando o lago congela e é possível ir a pé até a torre da igreja, ainda é possível ouvir os sinos. No entanto, eles foram retirados antes da criação da bacia artificial.

Lago de Resia

Curon Venosta atualmente

Hoje em dia, Curon Venosta tem aproximadamente 2.450 habitantes. Além disso, o lago com sua torre sineira se tornou um destino turístico popular, principalmente depois da série Curon.

A cidade abriga o Museu Alta Val Venosta, que conta a história de Curon e Resia por meio de fotos históricas e objetos antigos pertencentes aos agricultores locais. A área também é popular para passeios ao ar livre, com muitas oportunidades para caminhadas e ciclismo.

Enfim, o Lago de Resia é considerado um dos lugares mais bonitos dos Alpes Orientais.

Gostou? Então compartilha!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Conteúdo protegido!!