Hotéis na Itália

Dolomitas

Dolomitas: curiosidades e dicas de lugares para conhecer

Paredões rochosos ásperos, imensos penhascos, longos e estreitos vales. De fato, são palavras que descrevem bem as Dolomitas, um lugar encantado e uma das mais belas paisagens da Itália.

Mas você sabe exatamente onde ficam e em quais cidades ficar para visitar um dos belos parques ou poder admirá-las? Neste texto vou tentar explicar mais ou menos os lugares que você poderá incluir no seu roteiro para conhecer um pouco das Dolomitas.

 

O que são as Dolomitas?

As Dolomitas, chamadas também de Montes Pálidos, são uma área montanhosa da parte leste dos Alpes. São 18 picos que chegam a uma altura de pelo menos 3.000 metros, distribuídos por 141,903 hectares. Elas estão localizadas entre as regiões do Vêneto, Trentino Alto-Adige e Friuli.

É uma área dinâmica que muda constantemente através de avalanches e erosão. É provável que as montanhas tenham se originado cerca de 250 milhões de anos atrás, quando as rochas maciças começaram a ser criadas a partir de algas fósseis e de corais. No entanto, somente quando a água do mar desceu, as montanhas cinza claro surgiram.

dolomitas

Além disso, as Dolomitas levam o nome do  naturalista francês Déodat de Dolomieu. No final do século XVIII ele estudou o tipo de rocha que predominava naquela região dos Alpes e percebeu que elas eram feitas de um material diferente do outros montes, como o Mont Blanc ou o Monte Rosa. De fato, eram de carbonato duplo de cálcio e magnésio.

Então, graças a esta característica geológica particular e ao fato de que as Dolomitas são consideradas uma das mais belas cadeias de montanhas do mundo, a área foi incluída na Lista do Patrimônio Mundial da UNESCO em 2009.

 

Lugares para conhecer nas Dolomitas

As Dolomitas são uma seção dos Alpes, que por sua vez são subdividas em várias outras seções, de acordo com a região onde encontram. As principais são as Dolomiti Ampezzane, Dolomiti Bellunesi, Campiglio Pinzolo, Altopiano della Paganella, Val di Fassa, Alta Pusteria – Tre Cime, Val d’Ega, Sciliar-Alpe di Siusi, Val Badia, Val di Fiemme, Val Gardena, Val Pusteria e Tirol Oriental.

Portanto, na minha opinião os melhores lugares que podem servir de base para você fazer um roteiro por essas montanhas maravilhosas são os seguintes:

 

Cortina d’Ampezzo

A cidade de Cortina d’Ampezzo, conhecida não por acaso como a Rainha dos Dolomitas, é o lugar mais badalado do inverno nas Dolomitas. Este lugar oferece diversas atividades de inverno, culturais e gourmet, graças à presença de museus e ótimos restaurantes. Além disso, as grandes qualidades e possibilidades oferecidas por Cortina fazem dela destino de muitos VIPs que desejam passar momentos de relax respirando o ar saudável da montanha.

Certamente é a melhor base para conhecer as Dolomitas!

Leia também:

Do mesmo modo, a partir de Cortina é possível visitar a zona das Dolomitas chamada Cadore Auronzo Misurina, localizada entre os picos da Piz Popena, o Cristallino, os Três Picos de Lavaredo, do Sorapiss e do Marmarole.

cortina d'ampezzo
Cortina – As Dolomitas estão sempre ali, fazendo uma moldura na cidade!

 

A área de Cadore Auronzo Misurina é cheia de atrações naturais, incluindo o Lago de Misurina, conhecido como a Pérola do Cadore; o lago de Antorno, com muitas espécies raras de plantas; o lago do Centro Cadore, formado na década de 1950, após a construção da barragem em Pieve di Cadore; os Três Picos de Lavaredo, considerados os picos mais famosos dos Alpes; a reserva natural de Somadida, a maior floresta de Cadore; Pian dei Buoi, conhecido por ter sido campo de batalha durante a Primeira Guerra Mundial.

Cortina d'Ampezzo
A linda paisagem do Lago Antorno

 

Bolzano

Bolzano tem toda a vivacidade de um grande centro urbano, rico em tesouros culturais, museus, exposições, teatros, lojas elegantes e excelentes acomodações e instalações gourmet. A cidade é definida como a “Porta das Dolomitas”, pois como ela fica em uma planície de apenas 265m, é a passagem obrigatória para chegar ao pé dos picos das montanhas.

 

Belluno

Belluno tem o apelido de “a Pequena Veneza das Montanhas”. De fato, o coração da cidade consiste em palácios elegantes, estrutura arquitetônica veneziana típica, vistas sugestivas e pequenas praças, com uma fonte, como Piazza del Mercato com o Monte de Pietá. A Porta Dojona, uma das entradas históricas da cidade, leva à Piazza Vittorio Emanuele e ao teatro municipal.

Você também pode visitar o porto de Rugo, que leva ao antigo porto do rio Borgo Piave, o museu cívico e o palácio de Crepadona, que abriga a biblioteca e exposições importantes como as de Ippolito Caffi ou Andrea Brustolon.

 

Madonna di Campiglio

Madonna di Campiglio, hoje, é certamente uma das melhores estações de esqui italianas e uma das mais importantes em toda a região dos Alpes: a variedade de seu ambiente de montanha oferece a oportunidade de no inverno percorrer incontáveis quilômetros de pistas até 2600 metros, sempre com diferentes graus de dificuldade, tendo uma vista emocionante das Dolomitas del Brenta à Adamello e Presanella.

dolomitas
Uma estação de esqui em Madonna di Campiglio

 

 

Quando ir para as Dolomitas

O clima relativamente temperado das Dolomitas e a beleza natural do lugar fazem dele um destino turístico o ano inteiro, então não há um período melhor ou pior, tudo vai depender dos seus gostos pessoais.

Algumas pessoas preferem viajar para as Dolomitas durante o verão, entre maio e setembro, quando o clima é mais morninho e as montanhas vivas e coloridas. No início da primavera, quando as flores começam a dar lugar à neve que vai derretendo, é um período igualmente bonito. Por outro lado, o inverno, apesar de muito frio, proporciona uma encantadora paisagem toda alvinha, graças a neve. De fato, é o momento em que as estações de esqui funcionam a todo vapor.

Uma imagem das Dolomitas na primavera-verão.

 

Alguns passeios para você fazer nas Dolomitas

  • Relaxar nos banhos termais de Terme di Merano
  • Esquiar nas ótimas pistas de Madonna di Campiglio. Mas se você viaja no verão, as montanhas também oferecem uma série de trilhas para caminhadas e mountain bike.
  • Fazer um passeio com Moto de Neve
Gostou? Então compartilha!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Conteúdo protegido!!