Hotéis na Itália

Chiavenna

Chiavenna: Descubra uma linda cidade da Lombardia

Localizada no extremo norte da Itália, a poucos quilômetros da fronteira com a Suíça, Chiavenna, na Lombardia, é uma jóia não muito distante do Lago de Como.

Com toda a certeza Chiavenna é um lindo lugar para passear, uma daquelas cidades italianas que consegue ser pitoresca, autêntica e despretensiosa ao mesmo tempo. Ela é mais procurada por quem gosta de fazer turismo de aventura, uma vez que são inúmeras as trilhas que passam ou partem de lá. Além disso, é comum também ver pessoas que fazem um bate e volta desde Milão, de Lecco ou mesmo de alguma cidade suiça.

Certamente eu não fui a Chiavenna para fazer esporte. Fui para descansar e para comer, uma vez que a cidade tem uma gastronomia simplesmente incrível.

O que ver em Chiavenna

Por ser uma cidade bem pequenininha, basta um dia para ver todos os principais pontos turísticos de Chiavenna, embora algumas pessoas passem mais tempo para poder fazer os percursos de trekking que partem de lá.

De qualquer forma, minha dica é que não siga roteiro nenhum e vá curtindo cada cantinho de Chiavenna, porque ela é linda demais!

Meu passeio iniciou sob os pórticos da Collegiata San Lorenzo, pois ficava logo atrás do hotel onde me hospedei. De fato, ele se chamava Hotel San Lorenzo!

Chiavenna
A Collegiata San Lorenzo é um edifício do século V que abriga uma pia batismal de pedra-sabão e um jardim embelezado por um claustro. No interior encontra-se também o Museo del Tesoro, uma coleção de objetos sagrados entre os quais se destaca a famosa “Paz de Chiavenna”, uma capa de um evangeliário decorado com ouro e pedras preciosas.

 

O centro histórico

O centro histórico de Chiavenna é uma pequena jóia, muito fotogênico, cheio de ruas coloridas e tranquilas por onde você pode passear. Descendo a via Dolzino, a rua principal da cidade, é possível admirar magníficos palácios nobres e praças com fontes de pedra, onde o tempo parece ter parado.

Os bares possuem mesas ao ar livre onde as pessoas param para tomar um drink e bater um papo. No final da tarde de sexta-feira, as pessoas relaxam na piazza no centro, os turistas param para um aperitivo, as mulheres carregam sacolas de compras, os aposentados passam voando em bicicletas.

 

A ponte e as casas sobre o rio Mera

A ponte sobre o rio Mera é a principal atração do centro histórico de Chiavenna. De lá é possível admirar as casas de pedra construídas à beira do rio, maravilhas arquitetônicas que quase parecem uma pintura de outros tempos. Do outro lado da ponte, você encontrará uma passarela, que é um excelente mirante para tirar fotos à prova de Instagram.

 

Os Crotti

Os crotti são formações rochosas características de toda a área de Chiavenna. São cavidades naturais que se formaram após a queda de algumas rochas das montanhas circundantes. Dentro delas, sopra constantemente um vento fresco que se origina diretamente de dentro das montanhas, denominado “sorel”.

Graças a esta peculiaridade, os crotti são utilizados como verdadeiras caves para guardar alimentos e vinhos. Não é surpreendente, portanto, que haja vários restaurantes ao lado desses crotti, onde você pode saborear os pratos tradicionais da região.

 

Dica:
No mês de setembro acontece a Sagra dei Crotti em Chiavenna. É um festival onde é possível experimentar os pratos típicos e visitar boa parte dos crotti da cidade.

 

Cachoeira da Acqua Fraggia

A cerca de 4km de Chiavenna fica a cachoeira da Acquafraggia, um lugar lindo, que me surpreendeu.

O riacho que forma as cachoeiras é de origem glacial e se origina em Pizzo di Lago, a 3.050m de altitude. Ele forma várias cachoeiras, daí o nome que deriva de “aqua fracta”, isto é, água quebrada. Então justamente porque a água vem das geleiras, ela é sempre muito gelada, mesmo no verão.

Seguimos pela estrada principal, de Chiavenna até Borgonuovo di Piuro. O percurso durou meno de 10 minutos de carro e logo avistamos jatos d’água caindo de uma crista de rocha. A cachoeira tem cerca de 170m de altura, então dá para ver de longe.

Estacionamos nas proximidades e imediatamente dá para ouvir o barulho forte da água. Além disso, a água borrifada se espalha, dando alívio ao calor do verão. Você também pode relaxar ou nadar nas piscinas e mini cachoeiras que se formam na base. Aliás, no verão o lugar lota e é necessário chegar cedo para conseguir os melhores lugares.

As cachoeiras Acquafraggia foram declaradas Monumento Natural da Itália. Lá também é ponto de partida para roteiros de trekking.

Enfim, a poucos metros da cachoeira há um bar/restaurante. Como eu fui à cachoeira em um fim de tarde, aproveitei para tomar um drink e vi que é um point animadíssimo onde os jovens costumam ir para fazer o happy hour no verão.

 

O que comer em Chiavenna

Eu comi maravilhosamente bem em Chiavenna. Até hoje lembro com carinho das minhas refeições lá, embora tenha engordado uns dois quilos em dois dias!

As massas quase sempre são temperadas com muita manteiga, representativos do território, como o pizzoccheri Chiavennaschi, pizzoccheri della Valtellina, bresaola, uma espécie de presunto chamado violino de cabra e muitas outras especialidades típicas daquela parte da Lombardia. Tudo isso regado por vinhos Nebbiolo da região.

 

Onde comer

Sem dúvida o crotto-restaurante mais famoso de Chiavenna é o Crotto Ombra. Eu consegui uma mesa para o almoço do último dia e foi minha melhor refeição. As outras foram ótimas, mas aquela foi ainda melhor!

O Crotto Ombra. No verão as mesas ficam ao ar livre. Uma delícia!

 

Justamente por ser um ótimo restaurante, é muito disputado. Por isso é necessário reservar.

Enfim, outros restaurantes que eu recomendo:

  • Crotto Ubiali
  • Trattoria del Mercado (carnes deliciosas)

 

Onde ficar em Chiavenna

Gostaria de passar uma noite em Chiavenna? Eu me hospedei no Hotel San Lorenzo, um três estrelas localizado no centro da cidade. Leia AQUI o review que escrevi sobre ele.

Ou então, veja no mapinha abaixo outras opções de hospedagem. É só ir clicando nos preços e ver qual opção mais lhe interessa!



Booking.com

Como chegar a Chiavenna

Os aeroportos mais próximos a Chiavenna são aqueles de Milão, Bergamo e de Lugano. Todos distam cerca de 1h45 de lá.

De trem: É possível ir de Milão a Chiavenna de trem. O percurso total leva em média 2h15 e é necessário trocar de trem em Colico.

Carro: Sem dúvida é o modo melhor para chegar a Chiavenna e para conhecer as cidadezinhas da região. Clique AQUI e faça uma cotação de aluguel de carro. Você pode pagar em Reais e parcelado.

Gostou? Então compartilha!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Conteúdo protegido!!