Categorias
Hotéis Vêneto

Hotel nas Colinas do Prosecco: Municipio 1815

Um hotel nas colinas do prosecco, na região do Vêneto, para relaxar em meio aos vinhedos, pode ser tudo o que você deseja para a sua viagem enogastronômica pela Itália. E esse hotel tem um nome: Municipio 1815, em Valdobbiadene, terra do prosecco Superiore.

Eu o escolhi como base para viajar pela rota do Prosecco e não poderia ter tomado uma decisão melhor. De fato, minha experiência foi muito positiva e as duas noites que passei no Municipio 1815 contribuíram muito para que minha viagem se tornasse inesquecível.

A vista para as colinas do Prosecco

O hotel

O Municipio 1815 está situado no coração do Prosecco Superiore Conegliano Valdobbiadene, e fica rodeado por um cenário majestoso: as colinas cobertas de vinhedos. Requinte e modernidade encontram a tranquilidade dos campos nesta linda acomodação quatro estrelas que faz parte da história de Valdobbiadene.

Antes de mais nada, o edifício em si foi construído em 1815 para ser a sede da prefeitura municipal de três vilarejos: San Pietro di Barbozza, Santo Stefano e Guia. Portanto, daí o nome do hotel: Municipio 1815.

O lugar manteve essa função por cerca de 100 anos. No entanto, durante a 1ª Guerra Mundial, sofreu vários danos. Posteriormente, já nos anos 20, foi restaurado e passou a ser a sede da escola primária local e das comunidades vizinhas. Depois de ter passado por um longo período de abandono, iniciado no final dos anos 70, em 2003 ele passou por uma longa reforma, tornando-se então um hotel.

Mas foi em 2020 que aconteceu uma grande reviravolta. Mesmo em um período de grande dificuldade para o turismo, decidiu-se apostar na renovação total do hotel. Ele foi totalmente modernizado e passou por um intenso restyling. Enfim, em julho de 2021, foi inaugurado o Boutique Hotel MUNICIPIO 1815, que traz em seu nome a lembrança de sua história.

A localização

Para que você possa se situar, o Municipio 1815 fica a cerca de 80km de Veneza, a 38km de Bassano del Grappa e a apenas 22km de Asolo. Ele fica em uma posição perfeita para explorar toda a rota do Prosecco Superiore, que vai de Valdobiaddene a Conegliano, passando por cidadezinhas encantadoras.

Além disso, embora seja necessário um carro, chegar lá é muito simples, sobretudo porque todo o percurso tem paisagens incríveis.

A área verde do hotel

A chegada

O mergulho no mundo do Prosecco Superiore começa já na nossa chegada ao hotel. Fomos recepcionados com um cálice do delicioso prosecco da família Rebuli, os proprietários do hotel, produzido exclusivamente para os clientes do Municipio 1815 e do restaurante Trattoria alla Cima, que também pertence a eles. O dia estava lindo, e pudemos degustar o vinho admirando a bela vista dos vinhedos.

A primeira impressão foi ótima, inclusive porque fomos muito bem recebidos. Tive também o prazer de conhecer a diretora do hotel, Anne Vendramini, que é brasileira. Uma pessoa extremamente simpática, amável e de grande bom gosto. De fato, pode-se dizer que ela foi a grande responsável pela renovação do hotel.

A linda recepção

O quarto

O hotel dispõe de 23 quartos, todos amplos e confortáveis. Tal como acontece na maioria dos hotéis em edifícios históricos, cada quarto tem uma disposição diferente. Eu fiquei hospedada na suíte, que tinha também uma salinha.

A parte mais grandiosa do quarto era, claro, a cama king-size. Eu adorei a cabeceira, restaurada com um tecido lindo.

Posteriormente, a diretora conversou comigo e me contou que, durante o processo de renovação do hotel, os tecidos, cortinas, cores das paredes, foi tudo cuidadosamente escolhido por ela, de modo que lembrasse os tons da região.

hotel no VênetoO banheiro era outro elemento interessante do quarto. Novíssimo, amplo e impecável, retomava os mesmos tons do quarto, com a adição do revestimento em mármore.

Dentro do quarto havia ainda alguns extras que eu adorei. Por exemplo, alguns deles foram a cafeteira Nespresso, roupões e chinelos macios e produtos de higiene pessoal Hermés!

O Municipio 1815 é perfeito para:  viagens de casal, viagens enogastronômicas e para fazer de base para conhecer as cidades do interior do Vêneto.

O café da manhã

Visto os lindos dias de sol que fizeram durante a viagem, foi possível tomar o café da manhã na área externa do hotel. Mais uma vez, era impossível não ficar embasbacados com a beleza da paisagem.

O café da manhã do hotel é à la carte, considerando as medidas de prevenção ao Coronavirus. Sendo assim, recebemos um menu com as opções do dia e escolhemos aquilo que mais nos apetece. Há diversas opções entre doces e salgados, bem como uma boa variedade de frutas e pães.

café da manhã do hotel no Vêneto
Entre as opções doces, escolhi uma tortinha de frutas vermelhas. Simplesmente INCRÍVEL.
A sala de café da manhã na parte interna

O jantar na Trattoria alla Cima

Não há um restaurante dentro no hotel. No entanto, o mesmo proprietário do Municipio 1815, o sr. Isidoro Rebuli, detém um restaurante localizado a 2 minutos de carro de lá. Trata-se da Trattoria alla Cima.

Assim, na primeira noite da nossa viagem, jantamos na Trattoria alla Cima. O restaurante serve pratos típicos do Vêneto, mas também é especializado em carnes.

As características peculiares do hotel se estendem ao restaurante também. Por exemplo, de lá sem tem uma vista magnífica para os vinhedos. Além disso, o ambiente é muito romantico, perfeito para um jantar a dois.

Restaurante trattoria alla cima

De fato, considerando o enorme braseiro aceso no restaurante, a nossa pedida foi uma bela bisteca. A carne estava macia e suculenta e a acompanhamos com um Merlot local, indicado pelo próprio dono do restaurante, que muito gentilmente ia de mesa em mesa, dando atenção a todos os clientes. Realmente não podíamos ter feito escolha melhor.

Além disso, os preços no cardápio são excelentes, sobretudo se considerarmos a qualidade dos pratos e o cenário de tirar o fôlego.

Um paraíso nas colinas do Prosecco

Além de ser um incrível hotel nas colinas do Prosecco, o Municipio 1815 pode ser uma ótima base para conhecer não só toda a área de Valdobbiadene e Conegliano, mas também Treviso, Asolo e outras cidades encantadoras da região.

Ele também é perfeito para fugir da agitação das grandes cidades e passar alguns dias mergulhando na famosa região vinícola. É impossível ir embora de lá sem apreciar e fazer novas descobertas sobre esse maravilhoso vinho italiano.

Por fim, o Municipio 1815 é um dos lugares mais especiais em que já me hospedei na Itália e permanecerá gravado em minha mente por muitos anos. Tenho 100% de certeza que voltarei.

 

Mais informações:
Clique aqui para verificar preços e disponibilidade do Municipio 1815
Endereço: Borgo Berti, 6
Valdobbiadene – Vêneto

 

Paguei pela minha estadia e não tenho vínculos com o hotel. Em suma, sou apenas uma cliente satisfeita compartilhando minha experiência positiva. Por fim, espero que este review seja útil para quem procura um hotel nas colinas do Prosecco.

Categorias
Calábria Hotéis

Hospedagem na Calábria: Castello di Serragiumenta

Uma hospedagem na Calábria em meio à natureza para você relaxar. Este é o Castello di Serragiumenta, em Altomonte.

 

Desde a saída de Sibari-Firmo, na autoestrada Salerno-Reggio Calabria, são necessários poucos minutos para abandonar o caos da modernidade e mergulhar de cabeça na natureza, viajando no tempo sem ter que renunciar ao máximo do conforto. Sem dúvida, Serragiumenta é um lugar especial.

De fato, trata-se de uma propriedade localizada em uma colina, repleta de vinhedos, olivais e pomares, com ao centro um elegante castelo. Além disso, Serragiumenta fica a menos de 40km das praias do litoral leste da Calábria, em meio a um cenário natural de grande impacto e beleza.

 

Um castelo do século XVI onde se hospedar na Calábria

Construído por ordem do conde de Altamonte, o castelo que tem mais de 500 anos de história, era uma residência de veraneio e de caça. Em 1947, ele foi adquirido por Federico Bilotti, que reinstaurou as atividades agrícolas anuladas pela guerra.

hospedagem na calábria

Hoje em dia, graças ao amor de sua neta Rita pela terra, o castelo retornou ao seu esplendor e acolhe hóspedes do mundo inteiro.

 

Uma hospedagem na Calábria em meio aos campos

Quem deseja reservar esta hospedagem na Calábria, pode escolher entre a estadia no agriturismo, que dispõe de quartos, apartamentos autônomos com quitinete, ou então deixar-se mimar pela magia do castelo. Este dispõe de quatro apartamentos e quartos no segundo andar do castelo. Por fim, para quem quer ter uma experiência diferente, pode ficar nas equipadíssimas cabanas espalhadas pela propriedade.

hospedagem na calábria
Um dos quartos do castelo. Foto: Castello di Serragiumenta

 

Os quartos são decorados com madeiras importantes, objetos antigos, mas também outras decorações contemporâneas. As janelas oferecem uma vista para os jardins e para os campos.

No terraço, onde também fica a piscina, serve-se o café da manhã. A vista é para as colinas, com ao fundo o azul do mar. No buffet há bolos e tortas caseiras, ricota local, bem como geléias feitas com as frutas da fazenda.

No jantar, servido no restaurante La Voliera, você irá descobrir pratos da tradição calabresa revisitados pelo chef. Além disso, poderá acompanhar tudo com o vinho local, o Maglianico, um blend de Aglianico e Magliocco, primeiro vinho da recém nascida vinícola de Serragiumenta.

hospedagem na calábria
O restaurante. Foto: Castello di Serragiumenta

 

A alma country da Calábria

A agricultura é o ponto focal em Serragiumenta. Atualmente a empresa produz principalmente azeite de oliva extra virgem orgânico, vinho tinto e branco com predominância de vinhas típicas da Calábria. Ademais, cria ovelhas e o premiado porco preto, para a produção de queijos e carnes curadas de primeira qualidade.

Além disso, graças a carrinhos elétricos, quem se hospeda em Serragiumenta pode circular livremente pela fazenda, passando inclusive em meio aos rebanhos de ovelhas. Assim, é possível desfrutar de paisagens mediterrâneas únicas.

Enfim, os hóspedes podem ter aulas de equitação individuais ou em grupo. Por outro lado, quem prefere algo mais tranquilo, pode simplesmente aproveitar os jantares no vinhedo ou participar de degustações de vinho.

 

 

Outras informações

  • O hotel fica aberto apenas de abril a outubro
  • No castelo há 7 quartos e 4 apartamentos para 4 a 6 pessoas
  • No agriturismo, que fica a poucos metros do castelo, há 6 quartos e 2 apartamentos para 4 a 6 pessoas
  • Em meio às vinhas há 3 barracas de madeira que eles chamam de “glamping”, ou seja, camping com glamour! As barracas são todas de todo conforto, exatamente como um quarto.
  • A hospedagem nos apartamentos não inclui café da manhã, uma vez que são dotados de cozinha.
  • Por fim, as tarifas dos quartos podem custar a partir de 90 euros. No caso dos apartamentos, variam entre 100 e 200 euros.
hospedagem na calábria
Uma das barracas para quem quer acampar com conforto. Foto: Castello di Serragiumenta

 

Veja as avaliações dos hóspedes no Booking!



Booking.com

Mais informações:
Clique aqui para verificar preços e disponibilidade do Castello di Serragiumenta
Contrada Serragiumenta
Altomonte – Calábria

 

Categorias
Hotéis Puglia

Hotéis na Puglia para sonhar em meio aos vinhedos

Conheça 5 hotéis em vinícolas na Puglia, para se hospedar em meio às terras do Negroamaro, do Primitivo e do Nero di Troia.

Embora muita fazendas da Puglia, as chamadas “masserias“, tenham se tornado resorts exclusivos, ainda há opções que mantiveram sua autenticidade. De fato, há várias masserias que unem a produção de vinho e azeite à hospitalidade. Assim sendo, selecionamos algumas opções para lhe inspirar na hora de reservar sua hospedagem.

 

Masseria Amastuola – Crispiano (Taranto)

Hotéis com vinícola na Puglia
Foto: Masseria Amastuola

 

Situada a cerca de 210m acima do nível do mar, a Masseria Amastuola fica dentro de um parque regional. Ela é uma fazenda do século XV, totalmente renovada em 2006.

O vinhedo une a tradição dos vinhos autóctonos às tecnologias mais avançadas. Além disso, é possível passear por ele de bicicleta ou de cavalo.

Enfim, a masseria está disposta ao redor de um grande pátio, distribuída entre a casa-grande, os alojamentos dos camponeses e os abrigos para os animais.  São 19 quartos no total, dez dos quais obtidos a partir do antigo ovil.

Foto: Masseria Amastuola

 

Há ainda à disposição dos hóspedes duas salas de degustação, uma sala de barris, uma biblioteca, uma piscina e o restaurante.

 

Tenuta Vigna Corallo – Otranto

hotéis em vinícola na Puglia
Foto: Tenuta Corallo

 

A Tenuta Vigna Corallo é um dos hotéis em vinícolas da Puglia mais charmosos. Ele tem uma vista para a esplêndida praia de Baia dei Turchi em Otranto, em um oásis de paz, ao longo de um dos trechos mais encantadores do Salento, no sul da Puglia.

O hotel, no centro da maravilhosa vinha e da moderna adega, oferece aos seus hóspedes vivências emocionantes e um calorosa hospitalidade em apartamentos com um estilo minimalista e requintado, mas que ao mesmo tempo relembram as antigas quintas da Puglia com vista para a esplêndida piscina.

Foto: Tenuta Corallo

 

A Tenuta Vigna Corallo tem 11 apartamentos, todos com entradas independentes e um grande pátio externo dotado de móveis de jardim e churrasqueira. Todos os apartamentos são equipados com conforto e organizados de acordo com um novo conceito de estilo e comodidade. Além disso, eles têm vista para a vinha, o pátio interno ou a piscina.

O vinhedo dista apenas 30m do mar e entre os vinhos produzidos estão um Fiano, dois Negroamaro e um Primitivo.

 

Cefalicchio – Canosa di Puglia

Hotéis em vinícola na Puglia
Foto: Hotel Cefalicchio

 

Uma escadaria dupla leva ao terraço que circunda a masseria do século XVIII, transformada em casa de campo no início do século XX. Esta é Cefalicchio, que hoje um dos hotéis em vinícolas na Puglia.

O lugar é rodeado por um jardim romântico com pinheiros e ciprestes, e ainda conserva a atmosfera antiga com móveis e decorações do século XIX em seus quartos, 6 no total, na verdade praticamente mini apartamentos.

Foto: Hotel Cefalicchio

 

Na parte de trás da estrutura fica a área destinada à produção de azeite e vinho, enquanto ao redor se estendem os vinhedos biodinâmicos de Nero di Troia e Malvasia. De fato, Cefalicchio foi o pioneiro da agricultura biodinâmica da região. Enfim, seus vinhos mais conhecidos são o branco Jalal e o tinto Romanico, Nero di Troia 100% com dois anos de envelhecimento.

 

Masseria Celentano – San Severo (Foggia)

Foto: Masseria Celentano

 

Um carvalho do século XIII domina a moderna vinícola Alberto Longo, cujos vinhedos se estendem entre as cidades de Lucera a San Severo, a 40km de San Giovanni Rotondo. De fato, é assim que se apresenta a Masseria Celentano Relais e Agriturismo.

Nos antigos fossos onde se guardava trigo, ficam as instalações de produção de vinhos como o tinto Cacc’e Mmitte de Lucera e o rosê Donnadele. Circundada pelos vinhedos de Negroamaro, Syrah e Bombino branco, a fazenda foi restaurada em modo impecável, deixando intacto o fascínio do tempo.

Foto: Masseria Celentano

 

Os cinco quartos da Masseria Celentano são decorados com peças de antiquário e cerâmicas de Grottaglie. Além disso, os hóspedes têm à disposição uma piscina e também são organizados passeios de barco.

 

Vinilia Wine Resort – Manduria

hotéis em vinícola na Puglia
Foto: Vinilia Wine Resort

 

Um castelo com torres e ameias, com vista para os vinhedos de Primitivo di Manduria da Masseria Trullo di Pezza, esse é o Vinilia Wine Resort, que fica a apenas 4km do centro de Manduria. Construído no início do século XX para ser uma residência de veraneio de uma família nobre, o resort foi restaurado com materiais de época, mas decorado em maneira eclética, com mobília, lâmpadas e objetos dos anos 50 e 60.

O andar térreo, com abóbadas de 7m de altura, tornou-se o salão do resort. Além disso, há 18 quartos, todos diferentes um do outro.

Foto: Vinilia Wine Resort

 

O restaurante Casamatta, também é decorado em modo eclético,com mesas de épocas diferentes, cadeiras de design nórdico e uma lareira de aço. Por fim, comanda a cozinha o chef Pietro Penna, o qual prepara pratos gourmet com produtos locais, que são acompanhados pelos vinhos produzidos nos 60 héctares de vinhedo.

Sem dúvida alguma o Vinilia é um dos mais charmosos e requintados hotéis em vinícolas na Puglia.

Categorias
Friuli Hotéis Trentino Vêneto

Hotéis nas Dolomitas com vista panorâmica

Já pensou em se hospedar em hotéis nas Dolomitas com uma vista espetacular para as montanhas? Sem dúvida, acordar todos os dias olhando para os três picos de Lavaredo é uma experiência incrível.

Assim, se você deseja realizar este sonho, conheça algumas opções de hospedagem, dos mais variados tipos, desde hotéis clássicos simples a estruturas contemporâneas ou luxuosas, de onde desfrutar de uma paisagem inesquecível.

 

8 hotéis nas Dolomitas com vista para as montanhas

 

Adler Spa Resort Dolomiti – Ortisei

Hotéis nas Dolomitas
© adler-resorts.com – Flavio Prinoth

 

O panorama das Dolomitas parece “decorar” cada canto do Adler Dolomiti, um resort 5 estrelas localizado em Ortisei, na região do Trentino, a 100m do teleférico de Alpe di Siusi.

O edifício principal conta com 18 elegantes quartos, mas há ainda outros 12 chalés espalhados pelo hotel, os quais contam com sauna finlandesa privativa. Além disso, madeira e vidraças imensas caracterizam a decoração, tanto dos quartos quanto do hall e espaços comuns.

Enfim, o restaurante do Adler é decorado em estilo alpino contemporâneo e também tem vista para os amplos campos (no inverno, viram pistas de esqui). A cozinha oferece pratos da tradição do Trentino, mas também peixe e opções vegetarianas.

© adler-resorts.com

 

Sem dúvida o coração do hotel é seu spa, que tem piscina interna e externa com água salgada aquecida. A sauna também tem vista para as Dolomitas!

 

Hotel La Perla – Corvara in Badia

hotéis nas dolomitas

O Hotel La Perla, um 5 estrelas muito romântico, é um dos hotéis nas Dolomitas de maior tradição e requinte. Localizado em Corvara in Badia, a 36km de Cortina d’Ampezzo, o hotel é desde sempre sinônimo de qualidade. Além disso, sua localização é central para quem vai esquiar fica muito perto do teleférico principal Col Alto.

Uma pérola entre as Dolomitas – La Perla é realmente um dos “The Leading Small Hotels of the World“. Tradicionalmente rústicos com um toque moderno, os quartos e áreas públicas são cheios de detalhes interessantes, com pequenas áreas de jantar deliciosas, todas em uma cor e estilo diferente.

O spa

 

Enfim, o Stua di Michel é o restaurante do hotel, que tem 1 estrela Michelin. Ele tem ainda uma das maiores adegas de vinho da Europa!

 

Chalet nel Doch – Canal San Bovo

hotéis nas dolomitas

O Chalet nel Doch é um verdadeiro pedaço de paraíso no coração das Dolomitas do Trentino. O lugar oferece a possibilidade de isolar-se totalmente do mundo. De fato, para chegar lá, é necessário percorrer uma pequena estrada em meio aos bosques.

Os três chalés que formam a estrutura foram reformadas mantendo as características originais e utilizando materiais naturais. Na parte interna, o aspecto rústico da madeira e das pedras combina harmoniosamente com o requinte da decoração, em estilo alpino contemporâneo.

Além disso, a atmosfera é intimista, com apenas 4 suítes divididas em dois ambientes. No andar térreo do chalé principal fica o acolhedor salão comunitário onde é servido o café da manhã com buffet doce e salgado, bem como a tradicional merenda alpina, com pão preto caseiro, queijos locais, embutidos e tortas tradicionais.

 

Park Hotel Ladinia Dolomiti Spa Resort – San Vito di Cadore

hotéis nas dolomitas

O 4 estrelas Park Hotel Ladinia fica no coração da cidadezinha de San Vito di Cadore, no Vêneto. O lugar fica entre bosques e campos, circundado pelas montanhas, e o hotel tem um grande jardim.

O Ladinia tem 40 quartos e 6 apartamentos, distribuídos entre o edifício principal, em estilo rústico, e a ala moderna, construída com materiais de baixo impacto ambiental. A recepção é iluminada pela luz que entra pelas amplas vidraças, que cobrem toda a parede, e o spa tem um design contemporâneo, dotado de uma piscina coberta e saunas de diferentes tipos.

 

Hotel Tyrol – Selva di Val Gardena

hotéis nas dolomitas

Um tradicional hotel de montanha que soube se renovar, apostando na alta gastronomia e em um spa de última geração. O Hotel Tyrol é um quatro estrelas aberto em 1966, portanto é um hotel clássico e tradicional, referência da hospitalidade de Val Gardena, no Trentino.

Decorado em estilo alpino, com um grande balcão de madeira no hall e um bar bem intimista onde degustar grappa e chás com ervas locais, o Tyrol é uma das melhores opções de hotéis nas Dolomitas. De fato, isso se deve também à atenção e ao calor humano dos proprietários.

Além disso, os 52 quartos têm janelas amplas com vista para o vale e para as montanhas ao redor. Enfim, o spa é uma garantia de bem-estar e relax, com saunas, hammam e uma linda piscina coberta.

O Hotel Tyrol dispõe ainda de um restaurante gourmet, o Suinsim, comandado pelo chef Alessando Martellini, intérprete das tradições culinárias locais enriquecidas com toques mediterrâneos.

 

Residence Panorama – Fornesighe

hotéis nas dolomitas

Como o próprio nome já diz, o Residence Panorama tem uma vista de tirar o fôlego e fica a poucos metros de instalações de esqui.

O flat está localizado em um vale das Dolomitas, longe do turismo de massa, das fábricas e do tráfego, em um lugar de vistas encantadoras entre os maciços Dolomitas de Pelmo, Civetta, Moiazza, Mezzodì, Bosconero.

hotéis nas dolomitas

Além disso, todos os apartamentos são grandes, piso em parquet, e têm terraços com vistas deslumbrantes. As cozinhas são dotadas de lava-louças, fogão, louças e tudo o que você precisa para preparar excelentes almoços. Quartos espaçosos com edredons aconchegantes envolverão seus melhores sonhos nas férias que você sempre sonhou.

Embora cada apartamento tenha cozinha, o Residence Panorama tem também um restaurante, que fica no primeiro andar. Enfim, há ainda uma sauna e jacuzzi.

 

Albergo Diffuso Dolomiti – Friuli

hotéis nas dolomitas

Os bosques e os campos do valle del Tagliamento envolvem como uma grande manta a cidadezinha de Forni di Sotto, na província de Udine.

No coração do vilarejo fica o Albergo Diffuso Dolomiti. Ele é composto por um edifício principal onde fica a recepção e um centro de bem-estar, com sauna e hidromassagem, bem como outros 12 alojamentos independentes distribuídos por Forni di Sotto, no raio de poucas centenas de metros.

hotéis nas dolomitas

Na verdade, esses alojamentos são verdadeiros apartamentos, bem decorados em estilo rústico e localizados em edifícios tradicionais em pedra, com as varandas de madeira típicas da região. Além disso, durante o verão, o Albergo Diffuso Dolomiti propõe aos seus hóspedes passeios de trekking de diferentes durações e níveis, organizadas por guias de montanha locais.

 

DV Chalet Boutique Hotel & Spa – Trentino

hotéis nas dolomitas

Charmoso hotel 4 estrelas superior, o DV Chalet Boutique Hotel & Spa fica em Madonna di Campiglio, próximo ao centro da cidade.

Construído segundo os critérios da arquitetura orgânica e enriquecido com peças de design, o hotel tem apenas 20 quartos, um diferente do outro, todos decorados com bom gosto e personalidade. Alguns deles têm lareira e sauna privativa.

Além disso, o hotel tem ainda um restaurante 1 estrela Michelin, o Dolomieu, mas também um bistrô que serve pratos típicos do Trentino, como canerdeli, orzotto e gulasch, bem como outros pratos típicos italianos.

Enfim, o DV Chalet Boutique Hotel dispõe de um equipado spa com piscina coberta, sauna e gruta de sal.

 

 

Categorias
Hotéis Ligúria

OmHom: Hospitalidade e sossego em um vilarejo da Ligúria

No coração do vilarejo de Trebiano Magra, na Ligúria, o OmHom não é nem um hotel nem uma pousada de luxo. É, na verdade, a realização dos sonhos de Luca Palmero, um promissor chef da Ligúria apaixonado por vinhos e filosofia.

Sem dúvida, é um lugar de sossego (Om, um mantra) para se sentir em casa (Hom, de Home/Casa), mas sobretudo, um lugar para redescobrir o valor autêntico da Viagem, que é uma experiência de troca e encontro.

Nascido e criado profissionalmente em Cinque Terre, certamente Luca conhece bem as consequências da superlotação turística. Por isso, por meio da OmHom, propõe um modelo de desenvolvimento tão “antigo” quanto revolucionário: a Economia do Presente.

 

A Economia do Presente

Seguindo a mesma lógica do “café suspenso” napolitano, a partir de 2021 a OmHom oferece aos hóspedes a possibilidade de pagarem pela estadia um valor que achem que seja justo, de acordo com as próprias possibilidades. Assim, essencialmente “presenteiam” o próximo hóspede com uma experiência semelhante.

Ao escolher o preço, os hóspedes ganham o direito de pagar o que puderem e a responsabilidade de estabelecer o que pensam ser o valor do trabalho da OmHom. “Acreditamos que é fundamental resgatar uma relação humana sincera com o hóspede, livre apenas do aspecto econômico, reafirmando a essencialidade de uma troca que seja emocional, psicológica e culturalmente satisfatória”, explica Palmero. “Estamos no início de uma revolução que vê as viagens como uma importante ferramenta de mudança para nós e para o mundo inteiro. É nossa responsabilidade participar dessa mudança. Com o novo programa, queremos resgatar o valor e a dignidade próprios das viagens e dos encontros”.

As suítes do OmHom

OmHom tem apenas duas suítes (Bed & Cinema e Bed & Vista), a cinco minutos a pé uma da outra. Os espaços abrigam antigos objetos do cotidiano, como o kit da bisavó para cobrir as lâmpadas, ou um móvel antigo de carpinteiro transformado em pia.

A lareira, a pequena sala de cinema e o Spa com jacuzzi esculpido na rocha contribuem para o encanto único do lugar. Além disso, artistas locais foram chamados para decorar os espaços.

Enfim, no café da manhã, é possível se deliciar em torno da mesa posta com iguarias fornecidas pelos melhores produtores da região. É Luca Palmero quem escolhe cada produto e também surpreende os hóspedes com suas panelas de barro e receitas únicas, preparadas na lareira segundo técnicas ancestrais.

omhom
Mais informações:

omhom.it – Vicolo Scolastico, 28, 19021 Trebiano Magra SP

 

Categorias
Hotéis Lombardia

Hotel em Chiavenna: Hotel San Lorenzo

Escolher um hotel em Chiavenna foi muito simples. A cidade é pequena, não há grandíssimas opções, por isso a minha pesquisa durou 5 minutos. Considerando os hotéis disponíveis, dei logo de cara com o San Lorenzo, um hotel com estacionamento no centro de Chiavenna.

A cidadezinha é um charme. De fato, é um lugar perfeito para curtir as montanhas da Lombardia e para quem faz turismo gastronômico e esportivo. Além disso, ela fica a menos de 1h de carro de St. Moritz, na Suíça e custa infinitamente menos do que a luxuosa localidade de esqui.

Eu fiquei 3 dias em Chiavenna, hospedada no Hotel San Lorenzo e agora conto minha experiência para vocês.

 

Um Hotel em Chiavenna em pleno centro

O San Lorenzo é um hotel 3 estrelas localizado no centro de Chiavenna, porém em uma área onde ainda é possível passar de carro. Digo isso porque boa parte do centro é fechado para a circulação de veículos. O hotel fica bem em frente à pequena estação ferroviária de Chiavenna e tem também estacionamento privativo, algo essencial para nós que viajávamos de carro.

Enfim, o Hotel San Lorenzo tem 29 quartos e todos têm vista para a rua com a montanha ao fundo. Além da delícia da localização, tem o ar puro que se respira!

Hotel em Chiavenna

O quarto

Todos os quartos do Hotel San Lorenzo têm uma decoração minimalista e funcional. Na verdade, por ser uma cidade de montanha, não esperava um quarto moderno e sim mais tradicional. Tinha esse pensamento porque muitos hotéis das cidadezinhas do interior da Itália são bem antigos e parecem ter parado nos anos 80. No entanto, definitivamente esse não era o caso do San Lorenzo.

Hotel em Chiavenna

O quarto era extremamente limpo e a cama era uma delícia. Além disso, ele era muito luminoso, pois ao invés de uma janela havia uma porta ampla que dava para a varanda.

Ter um quarto com varanda foi muito bom, pois pegamos lindos dias de sol e temperatura muito agradável.
O banheiro era impecável e incluía uma ducha com jatos laterais.

O café da manhã

O que dizer do café da manhã? Ainda me lembro das geléias artesanais de ameixa, damascos, enfim, frutas da temporada. Havia ainda uma boa variedade de produtos, tanto doces, como croissants, bolose biscoitos (clássico café da manhã italiano), quanto salgados (ovos, queijos e presuntos).

Por ser um hotel relativamente pequeno, o buffet era adequado à quantidade de hóspedes. Além disso, havia ainda alguns produtos sem glúten, como torradas e pães.

 

Outras informações sobre este hotel em Chiavenna

  • O Hotel San Lorenzo aceita pets.
  • O hotel tem estacionamento privativo e gratuito
  • O San Lorenzo é também pizzaria e restaurante, mas eu não almocei e jantei lá nenhum dos dias, pois cada dia queria experimentar um restaurante diferente de Chiavenna.
  • As tarifas partem de 60 euros. Viajei em Agosto de 2020, período de férias dos italianos, e paguei 90 euros a diária (quarto duplo).

 

Enfim, o Hotel San Lorenzo cumpre muito bem seu papel de hotel 3 estrelas. Sem dúvida se eu voltar a Chiavenna, me hospedarei lá novamente.

Veja as avaliações de outros hóspedes no Booking!



Booking.com

Mais informações:
Clique aqui para verificar preços e disponibilidade do Hotel San Lorenzo Chiavenna
Corso Garibaldi, 3
Chiavenna – Lombardia

 

Paguei o preço total pela minha estadia e não informei o hotel sobre a publicação review. Sou apenas uma cliente satisfeita compartilhando minha experiência positiva. Por fim, espero que este review seja útil para quem procura um hotel em Chiavenna.

Categorias
Hotéis Vêneto

Hotel em Asolo, Vêneto: Albergo al Sole

Ao procurar um hotel em Asolo, deparei-me com a possibilidade de me hospedar em um hotel cinco estrelas, mas com um preço de hotel de quatro. Tudo bem, era o mês de fevereiro, baixa temporada, dei sorte.

Sem dúvida o Albergo al Sole foi um grande achado!

A cidadezinha de Asolo

 

Embora seja uma cidade minúscula, Asolo é um lugar bastante conhecido aos turistas que desejam visitar a região do Vêneto. De fato, o lugar é uma base perfeita para conhecer as cidades nos arredores, como Bassano del Grappa, Marostica e, sobretudo, as colinas do Prosecco. Nesse sentido, tamanha é a sua popularidade que há um bom número de hotéis, apartamentos de férias e B&Bs.

 

O Hotel

O Albergo al Sole é um hotel cinco estrelas localizado na cidade de Asolo, no Vêneto. Gracioso e requintado, ele está localizado em um palácio histórico no centro da cidadezinha.

Ele não é o único hotel cinco estrela de Asolo, mas diferentemente do outro, ele fica a apenas 300m da praça principal. Além disso, coisa fundamental para quem viaja de carro, tem estacionamento particular e gratuito.

O hotel oferece uma bela vista e um ambiente que combina tradição e modernidade. De fato, o edifício histórico é bastante tradicional, assim como o mobiliário dos quartos.

A vista do terraço que dá para a cidade. Nos dias mais quentes, o café da manhã é servido ali.

 

Além disso, o atendimento foi sempre gentil e impecável. Do mesmo modo, as comodidades dos quartos e instalações permitem que você tenha uma excelente experiência e se sinta mimado.

Certamente o tamanho do hotel (são apenas 23 quartos) é uma vantagem, pois com menos quartos, mais atenção pode ser dada a cada hóspede.

 

O quarto

Reservei o último quarto disponível do hotel, que eles chamavam de “Camera Matrimoniale Piccola“. Ele ficava no último andar (a mansarda) e, como acontece na maior parte dos palácios históricos, tinha as vigas do teto expostas, coisa que particularmente adoro e que dá um toque aconchegante ao quarto.

hotel em asolo

O quarto tinha 20m², decorado em estilo romântico e tradicional. Naturalmente, tudo estava bem conservado e limpo. Além disso, o piso de madeira nos fazia imaginar que estávamos em um chalé.

Entre o quarto e o banheiro, havia uma antessala, o que tornava o quarto bem espaçoso, além de dar mais privacidade.

hotel em asolo
No banheiro havia uma banheira em estilo antigo. Uma gracinha!

 

Embora o quarto fosse decorado em modo tradicional, o hotel em si oferece uma experiência de hospedagem moderna e completa, bem como bastante conforto e mais serviços. Pode-se dizer que você está dando um salto na história levando consigo o conforto contemporâneo.

 

O café da manhã

O desjejum servido pelo hotel foi sensacional, extremamente variado. Sabemos que o típico café da manhã italiano é repleto de pratos doces, mas neste caso havia também uma boa varidade de frutas, cereais e pratos salgados.

A sala do café da manhã é ampla e luminosa. Além disso, dispõe de uma varanda enorme com uma linda vista de Asolo. Pena que era inverno e o frio não deixava aproveitar melhor a varanda.

À noite, a mesma sala do café da manhã dá lugar ao restaurante La Taverna. Não tive o tempo de conhecer o restaurante, pois havia marcado um jantar em outro local de Asolo. No entanto, sei que eles oferecem pratos típicos do Vêneto, propostos com base na disponibilidade de ingredientes sazonais. Enfim, você pode escolher entre carnes e peixes, ambos preparados com inovação pelo chef.

 

Outras informações sobre este hotel em Asolo

  • O Albergo al Sole aceita pets.
  • O hotel tem estacionamento privativo e gratuito
  • Um do funcionários fala português
  • Dentro do Albergo al Sole também há uma loja com produtos exclusivos, desde alimentos até objetos de design para o lar.
  • Os hóspedes podem usar as bicicletas do hotel para visitar Asolo.
  • As tarifas podem custar a partir de 100 euros. Viajei em fevereiro, baixa temporada, e paguei 110 euros a diária.

 

Veja as avaliações de outros hóspedes no Booking!



Booking.com

Mais informações:
Clique aqui para verificar preços e disponibilidade do Albergo al Sole
Via Colleggio, 33
Asolo – Vêneto

 

Paguei o preço total da minha estadia e não informei o hotel sobre a publicação do review. Sou apenas uma cliente satisfeita compartilhando minha experiência positiva. Por fim, espero que este review seja útil para quem procura um hotel em Asolo.

Categorias
Hotéis Puglia

Palazzo Bignami: um delicioso B&B em Lecce

Em um lugar famoso por sua arquitetura única, seria uma pena não ficar em um dos muitos palácios restaurados que estão espalhados pelas ruas pitorescas da cidade. Um desses lugares abriga o magnífico Palazzo Bignami, provavelmente o melhor B&B em Lecce.

Um B&B (Bed and Breakfast) é um tipo de acomodação muito popular na Europa. Literalmente “Cama e Café”, é um tipo de acomodação turística informal. No entanto, muitos B&Bs são verdadeiras pousadas de luxo!

O Palazzo Bignami foi um verdadeiro achado, visto que ele é muito disputado e eu reservei com poucos dias de antecedência. Eu precisava de uma acomodação localizada em um lugar onde fosse fácil estacionar, pois viajava de carro. Por isso, coloquei como filtro nas minhas pesquisas a possibilidade de estacionamento, uma vez que é proibido circular de carro no centro histórico de Lecce. Foi assim que encontrei o Palazzo Bignami.

Catedral de Lecce
A bela Lecce

 

A localização

O Palazzo Bignami tem uma localização maravilhosa. Ele fica entre a estação ferroviária (5 minutos a pé) e o centro histórico, em uma zona basicamente residencial, onde era muito fácil estacionar na rua. Enfim, era o lugar perfeito para as nossas necessidades.

 

Um lindo B&B em Lecce

Liana, proprietária do Palazzo Bignami, é quem recebe os hóspedes. Ela tem uma gentileza única e faz com que seus hóspedes se sintam em casa desde o primeiro momento em que entram no B&B.

As áreas comuns do B&B estão entre as mais bonitas que já vi em uma acomodação deste tipo. A área da recepção, bem como todo o B&B são decorados com muito bom gosto e são incrivelmente aconchegantes. Eu me apaixonei pela enorme e iluminada cozinha/sala de café da manhã. Mesmo fora do horário, era possível fazer um lanchinho, pois ficava alguns docinhos à disposição. Se não me sinto em casa, não sei o que é.

B&B em Lecce - Palazzo Bignami

Além disso, este B&B em Lecce possui uma sala de estar com belas pinturas em suas paredes e teto que revelam o segredo mais fascinante sobre o passado do edifício. De fato, o palácio costumava ser uma clínica e esta mesma sala de estar era a capela da clínica!

 

O quarto

Ficamos em um quarto standard, que estava impecavelmente limpo, confortável e com um aroma encantador. O que mais poderíamos pedir no final de um longo dia na estrada, eu me pergunto. Nada muito, realmente.

Demos uma espiada em alguns dos outros quartos do B&B e podemos dizer honestamente que eles eram fenomenais. Portanto, não importa o tipo de quarto que você escolher, seja uma suíte, um quarto deluxe ou um standard, o Palazzo Bignami é a escolha de acomodação perfeita no coração da maravilha que é Lecce.

O nosso quarto era aquele que tinha o banheiro menor. Ele era igualzinho a banheiro normal de uma casa clássica italiana.

 

 

O Palazzo Bignami tem dez quartos no total e dois dos quais são suítes. Uma maravilha. Você pode ver as fotos dos outros quartos AQUI.

 

O café da manhã

Não tenho palavras para descrever o café da manhã do Palazzo Bignami. Havia um buffet repleto de produtos muito frescos todas as manhãs, uma grande variedade de alimentos à escolha, deliciosas saladas de frutas feitas na hora, tortas e bolos feitos pela própria Liana. Enfim, era um verdadeiro prazer esse desjejum.

 

Por fim, costumo dizer que nossas escolhas de acomodação afetam o sucesso de uma viagem em maior ou menor grau. Este foi um dos casos em que a escolha do alojamento tornou a nossa viagem ainda mais memorável.

 

Outras informações

  • O Palazzo Bignami não aceita animais de estimação
  • Há estacionamento gratuito na rua, nas proximidades do B&B
  • As tarifas podem custar de 80 a 120 euros na baixa temportada. Por outro lado, em agosto, mês de altíssima temporada, podem custar até 360 euros.

 

Veja as avaliações de outros hóspedes no Booking!



Booking.com

Mais informações:
Clique aqui para verificar preços e disponibilidade do Palazzo Bignami
Via Lombardia, 6
Lecce – Puglia

 

Paguei o preço total pela minha estadia e não informei o hotel sobre a publicação review. Sou apenas uma cliente satisfeita compartilhando minha experiência positiva. Por fim, espero que este review seja útil para quem procura um B&B em Lecce.

Categorias
Emília-Romanha Hotéis

Hotel em Modena: Como foi dormir onde se faz vinagre balsâmico

Eu amo vinagre balsâmico. No entanto, até iniciar a procurar um hotel em Modena, jamais poderia imaginar que me hospedaria no lugar onde ele é produzido!

De fato, foi pesquisando entre as melhores opções de acomodações na cidade que me deparei com a Cascina di Balsamico Bonini. O B&B tinha uma tarifa que cabia no meu orçamento, além de ótimas avaliações por parte de outros hóspedes.

Enfim, não pensei duas vezes e a escolhi como acomodação durante minha estadia em Modena.

 

Hotel em Modena: Cascina di Balsamico Bonini

A Cascina di Balsamico Bonini é um B&B localizado dentro de uma produtora de vinagre balsâmico de Modena. São apenas 3 quartos feitos sob medida para ofereces aos hóspedes a melhor experiência possível.

A Bonini é uma produtora de vinagres relativamente jovem, nascida no início dos anos 90 a partir da paixão de Fabio Bonini, um renomado ator italiano. Ao longo dos anos, a fábrica de vinagre transformou-se numa verdadeira galeria de arte. Posteriormente, decidiram dedicar uma parte do local à hotelaria, criando o Bed & Breakfast.

 

A localização

A Cascina Bonini está localizada a cerca de 15 minutos de carro do centro de Modena. Portanto, apesar de estar fora da cidade (na zona rural), foi muito fácil ir a Modena, assim como a Maranello e a Bolonha, cidades que incluí neste roteiro.

 

A experiência

Pouco antes de chegar ao Cascina Bonini, recebi por WhatsApp as indicações sobre a entrada no local. Tínhamos uma senha para abrir o portão. Tudo muito simples.

Ao entrarmos na Bonini fomos logo “saudados” pelo perfume do vinagre. Lá nos esperava Roberta, que é a pessoa responsável pela hospitalidade. Ela logo nos contou a filosofia da empresa e tudo que poderíamos fazer na Bonini e também em Modena. Nós faríamos uma imersão total no mundo do vinagre balsâmico!

De fato, este peculiar hotel em Modena oferece uma experiência completa aos hóspedes, algo que eles chamam de “Balsamic Affair”. Na nossa estadia estava incluída a visita ao local de produção do vinagre, além de uma degustação dos produtos. Sem dúvida foi uma surpresa, pois no momento da reserva não sabíamos que tudo isto estava incluído.

Além disso, Roberta nos informou que poderíamos usufruir da área comum e experimentar todos os produtos à disposição dos hóspedes.

Hotel em Modena
Esses vidrinhos com vinagre balsâmico ficaram à nossa disposição. De fato, terminamos nossa noite comendo um parmigiano que havíamos comprado mais cedo regado a gotas de vinagre balsâmico.

 

A degustação de vinagre balsâmico

Depois de deixarmos nossas bagagens, fomos conhecer a sala dos barris onde envelhece o vinagre balsâmico de Modena. Durante a visita guiada, nos foi explicado todo o processo de produção do vinagre, que deve envelhecer por pelo menos 12 anos para poder ser chamado “Vinagre Balsâmico de Modena”. O perfume de vinagre era inebriante!

Fábrica de vinagre balsâmico
A sala dos barris

 

Em seguida, iniciou a degustação. Começamos com os produtos com menos anos de envelhecimento, terminando com a degustação de um verdadeiro tesouro: um vinagre balsâmico envelhecido em barricas durante 50 anos. Enfim, uma experiência ímpar.

O quarto

Os nomes e detalhes dos quartos da fábrica de vinagre Bonini se inspiram nas características do vinagre balsâmico. Dormimos no quarto “Dolce”, que ficava no andar térreo. Sem dúvida um quarto muito clean, equipado com todo o conforto e cheio de elementos de design.

No entanto, faltava algo no quarto. Surpreendentemente não havia tv!

Muito curiosa, perguntei o motivo de não haver uma televisão no quarto, afinal era a primeira vez que me deparava com uma acomodação sem este aparelho. Em suma, todos os quartos são sem tv propositalmente, de modo que os hóspedes se desliguem de tudo e mergulhem a fundo no ambiente local. Embora no início não tenha ficado conformada, depois percebi que não senti a menor falta da televisão.

Hotel em Modena - Acetaia Bonini

Hotel em Modena

 

O banheiro era bem amplo com uma ducha enorme. Tendo viajado no verão, foi fantástico relaxar no chuveiro depois de um dia intenso de passeio sob o sol.

Hotel em Modena

Produtos de higiene da grife Ortigia, uma das minhas preferidas.

 

O café da manhã

Primeiramente, no final da tarde da nossa chegada, nos perguntaram o que gostaríamos de comer no café da manhã. Deram-nos um pequeno menu com algumas opções e deveríamos informar a nossa escolha preenchendo um folheto. O motivo disso é porque eles são muito pequenos e não têm uma cozinha grande que possa preparar um buffet.

Ao acordar fomos surpreendidos por um excepcional café da manhã repleto de pratos gourmet. Tínhamos suco de laranja fresco, iogurte natural com frutas e um delicioso ovo pochê com um fiozinho de vinagre balsâmico.

 

Enfim, eu passei duas noites incríveis na Cascina di Balsamico Bonini. Além disso, foi uma base perfeita para explorar Modena e Bolonha (de trem são apenas 30 minutos). Sem dúvida, quando voltar a Modena, me hospedarei lá novamente.

 

 

Outras informações

  • O Cascina di Balsamico Bonini não é acessível de transporte público.
  • Os clientes têm descontos no valor dos vinagres balsâmicos
  • São apenas três quartos, por isso é necessário reservar com antecedência.
  • As tarifas variam de 85 a 120 euros. Lembro de ter pago exatamente 89 euros.

 

Veja as avaliações de outros hóspedes no Booking!



Booking.com

Mais informações:
Clique aqui para verificar preços e disponibilidade do Cascina Bonini
Via Olmo, 29
San Cesario sul Panaro – Modena

 

Paguei o preço total pela minha estadia e não informei o hotel sobre a publicação review. Sou apenas uma cliente satisfeita compartilhando minha experiência positiva. Por fim, espero que este review seja útil para quem procura um hotel em Modena.

Categorias
Emília-Romanha Hotéis

Hotel em Parma: O Novotel Parma Centro

Para a minha estadia na Emília-Romanha, precisava de um hotel em Parma com estacionamento, uma vez que é uma cidade onde é proibido circular de carro no centro histórico. Dessa forma, escolhi o Novotel Parma, que acabou sendo uma excelente opção.

O Novotel Parma é um hotel 4 estrelas pertecente à rede Accor. Sua localização é ótima, a menos de 10 minutos a pé do centro histórico de Parma. Dessa forma, podia deixar o carro no estacionamento e explorar a cidade a pé, sem grandes complicações. Além disso, ele fica a apenas 100 metros da estação ferroviária, por isso é também uma válida alternativa para quem chega de trem e está com malas pesadas.

 

Um moderno hotel em Parma

Confesso que não esperava um hotel com um design tão moderno em plena Parma, uma cidade clássica e histórica. No entanto, este hotel em Parma segue exatamente a filosofia da linha Novotel, bem minimalista e clean.

O Novotel Parma tem 133 quartos, divididos em 6 andares. Minhas primeiras impressões no lobby foram ótimas, adorei o estilo retrô dos móveis.

hotel em parma

Logo ao entrar, a gente dá de cara com o bar do hotel. Mais alguns passos e você encontra o desk da recepção. Visto as dimensões do hotel, na minha opinião o balcão da recepção era pequeno demais, com apenas uma funcionária. Por sorte, visitei o hotel em um período de baixa temporada, portanto não havia ninguém fazendo check in naquele momento.

 

O quarto

Reservei um quarto duplo standard com uma cama de casal. O quarto tinha cerca de 20m², decorado em estilo minimalista e contemporâneo. Enfim, o típico padrão Novotel.

hotel em parma

O quarto apresentava uma deliciosa cama king-size, com lençóis macios e travesseiros bem fofos. Não havia sensação melhor do que cair nesta cama depois de um dia batendo perna por Parma. Além disso, o quarto dava para os prédios, não para a rua, o que significava que era muito silencioso.

O armário era embutido, assim como o frigobar, incorporado no mesmo. Havia ainda uma mesinha com poltrona, além do móvel da tv.

Enfim, o banheiro era espaçoso, além de impecável. Não é todos os dias que a gente encontra um banheiro assim, novinho em folha, em um hotel da Itália!

hotel em parma - Novotel Parma Centro

hotel em parma - Novotel Parma Centro
Produtos de higiene feitos com açúcar de cana orgânico Fairtrade africanos.

 

O café da manhã

O desjejum do hotel manteve alta minha opinião sobre o Novotel Parma Centro. Com um buffet continental self service, havia uma boa variedade de bolos, docnhos, frutas, geléias. Além disso, entre as opções salgadas, havia uma série de queijos, entre os quais o parmigiano, óbvio!

 

Outras informações

  • Novotel Parma aceita pets.
  • Durante minha estadia no hotel, vi homens de negócios, famílias com crianças pequenas (eram brasileiros!) e viajantes solo, como eu. Por isso, certamente é um hotel adequado para qualquer tipo de turista.
  • O hotel dispõe de restaurante, mas não jantei lá, por isso não posso opinar. Parma é a capital italiana da gastronomia e eu não podia não provar os restaurantes da cidade!
  • Paguei uma diária de 90 euros, mas as tarifas podem variar de 75 a 120 euros para um quarto duplo standard.

 

Veja também as avaliações de outros hóspedes no Booking!



Booking.com

 

Mais informações:
Clique aqui para verificar preços e disponibilidade do Novotel Parma
Via Trento, 9
Parma

 

Paguei o preço total pela minha estadia e não informei o hotel sobre a publicação do review. Sou apenas uma cliente satisfeita compartilhando minha experiência positiva. Espero que este review seja útil para quem procura um hotel em Parma.