Hotéis na Itália

13 Curiosidades sobre a região do Vêneto

13 Curiosidades sobre a região do Vêneto

A região do Vêneto é uma das 20 regiões da Itália e, certamente, uma das mais inspiradoras. Sem dúvida o patrimônio artístico, gastronômico e cultural de suas cidades atrai visitantes do mundo inteiro.

Além disso, sua história secular faz dela uma região cheia de curiosidades. Vamos então conhecer algumas delas?

 

 

1. O Vêneto fica no nordeste da Itália

mapa da região do vêneto

A região do Vêneto fica no nordeste da Itália e faz fronteira com a Áustria, bem como com as regiões italianas da Lombardia, Trentino-Alto Ádige, Emília-Romanha e Friuli. Ela se divide em 6 províncias: Belluno, Padova, Rovigo, Verona, Vicenza e Treviso, mais a área metropolitana de Veneza.

Além disso, o Vêneto é a quinta região italiana mais populosa e a 8ª maior em termos de superfície.

 

2. O dialeto da região do Vêneto é muito falado

Embora o italiano seja a língua oficial, ainda se fala muito dialeto na região.

O dialeto vêneto é amplamente falado por pessoas de qualquer geração. Muitas vezes é a verdadeira língua materna, sendo a primeira língua falada dentro das famílias. No entanto, nas últimas décadas, os pais têm falado italiano com os filhos., portanto, é muito comum ouvir adultos falando vêneto entre eles e italiano com seus filhos.

Todavia, o dialeto vêneto, não é tão puro como costumava ser durante a República de Veneza, quando era usado até mesmo em documentos oficiais e era a língua franca do Mediterrâneo Oriental.

Clique AQUI para conhecer mais sobre os dialetos da Itália.

 

3. A primeira mulher a se graduar nasceu no Vêneto

Elena Lucrezia Cornaro Piscopia foi a primeira mulher a desafiar as autoridades que não permitiam que as mulheres frequentassem a universidade e se formassem.

Ela foi uma mulher erudita e inconformista que conseguiu se formar na Universidade de Pádua, onde até hoje há estátuas e placas em sua homenagem.

4. Inspirou a constituição americana

região do vêneto

Em 1784, República de Veneza foi o primeiro estado do mundo a reconhecer a independência dos Estados Unidos da América. Então, em 1786, uma delegação composta por Thomas Moore, Benjamin Franklin e Thomas Jefferson foi a Veneza para copiar as leis da Sereníssima e adotá-las, com as modificações e correções necessárias, e inseri-las em sua Constituição.

 

5. O livro de matemática mais antigo do ocidente

O Vêneto preserva o manual matemático mais antigo do mundo e um dos primeiros textos científicos já impressos na Europa. É L’Arte de labbacho (A Arte do Ábaco), também conhecido como a Aritmética de Treviso. Ele foi o primeiro manual de aritmética real, para uso por comerciantes e escrito em língua veneziana por um autor desconhecido.

Publicado em Treviso no final de 1478, a Arte do Ábaco era um manual composto por 62 páginas e pensado para a autoaprendizagem e uso diário no comércio. Além disso, o livro era escrito em língua vernácula para garantir uma maior divulgação. É por isso que este texto representa um momento importante no processo de disseminação do conhecimento matemático entre a classe média, visto que até então era exclusivo da elite.

 

6. Na região do Vêneto estão as origens do tiramisú

Pratos típicos do Vêneto

Embora haja algumas teorias polêmicas, acredita-se que o tiramisú, uma das mais conhecidas sobremesas italianas, tenha nascido no Vêneto. De fato, teria sido o confeiteiro Roberto Linguanotto a criá-lo nos anos 60, em seu restaurante em Treviso.

 

7. O Vêneto é a região italiana mais visitada

curiosidades sobre Veneza

Em tempos normais, quando era possível viajar, o Vêneto era a região italiana mais visitada. Certamento isso se deve a Veneza, mas também ao litoral da região que é meta de turistas alemães e austríacos durante o verão. Além disso, durante o inverno, são as localidades de montanha, como Cortina d’Ampezzo e outras cidades das Dolomitas a serem a meta preferida de muitos.

 

 

8. O Vêneto é a região que mais produz vinho na Itália

vinhos de roma

Em termos de volume, a região do Vêneto é aquela que mais produz vinho na Itália. Entre os vinhos produzidos na região, há nomes conhecidos no mundo inteiro, como Amarone, Recioto, Soave, Prosecco, Valpolicella e Bardolino.

 

9. Emigração recorde

Imigrantes da região do Vêneto

A primeira grande migração da história moderna foi a italiana e a região do Vêneto foi a teve o maior número de emigrantes do país. Eles começaram a deixar a Itália em 1875 e se estabeleceram na Argentina, nos Estados Unidos, mas principalmente no Brasil.

Sem dúvida, as principais causas da migração foram a pobreza, a exclusão das classes rurais da época, a fome e a vontade dos camponeses de terem a própria terra, pois até então eram verdadeiros “servos”, muitas vezes enganados pela propaganda, favorecidos pela ignorância e pela esperança.

 

10. Anfiteatro romano melhor conservado

região do Vêneto

A Arena de Verona, construída no século I, é o anfiteatro romano melhor conservado no mundo! De tal forma, desde o século XVI e até os dias de hoje, é lugar de concertos e espetáculos.

 

11. A região do Vêneto é a pátria do Spritz

Uma das bebidas italianas mais conhecidas no mundo, o Spritz, nasceu na região do Vêneto. Você sabia?

Durante o período da dominação dos Habsburgos no Vêneto, no século XIX, não só os soldados, como também comerciantes, diplomatas e trabalhadores do império austríaco em serviço na região, logo se acostumaram com o hábito local de beber vinho em tabernas.

No entanto, eles tinham dificuldade com o teor alcoólico dos vinhos do Vêneto, pois era muito alto se comparado com o dos vinhos que estavam acostumados a beber.

Assim, eles pediam para borrifar (spritzen, em alemão) um pouco de água dentro do vinhos, de forma que ficassem mais leves. Na verdade, o Spritz original era estritamente composto de vinho branco espumante, ou vinho tinto, diluído em água doce.

 

12. Uma das universidades mais antigas do mundo

região do vêneto
A Universidade de Pádua

 

A Universidade de Pádua, fundada em 1222, é a segunda universidade mais antiga da Itália. Mas não é só isso! Ela também é uma das mais antigas do mundo!

 

13. A região do Vêneto e seu movimento nacionalista

região do Vêneto
A Bandeira da República Sereníssima, utilizada para representar o movimento

 

Por fim, no Vêneto há um dos movimentos nacionalistas mais notáveis da Itália. Ele se chama Venetismo, ou Nacionalismo Vêneto, e iniciou nos anos 70. O movimento promove o patrimônio cultural, a língua e as tradições da República de Veneza.

***

E então, gostou de conhecer essas curiosidades sobre a região do Vêneto?

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Conteúdo protegido!!