Hotéis na Itália

Pratos típicos de Roma - coda alla vaccinara

10 pratos típicos de Roma

São inúmeros os pratos típicos de Roma e das outras cidades do Lazio. Entre eles estão alguns dos carros-chefe da cozinha italiana, aqueles pratos clássicos conhecidos no mundo inteiro.

A região do Lazio tem sido um grande caldeirão desde que os romanos conquistaram o resto do Mediterrâneo. Como tal, a cozinha latina recebeu influências de diversos horizontes, tanto dentro como fora da Itália. Muitos de seus pratos nativos foram reexportados para o resto do mundo, como a carbonara, o molho arrabbiata  e o molho all’Amatriciana (bochecha de porco curada, queijo pecorino e tomate).

Conheça, então, 10 pratos típicos de Roma e da região Lazio em geral, para você tentar fazer em casa ou experimentar durante a sua viagem!

 

Pratos típicos de Roma: 10 dicas

A culinária romana tem algumas características peculiares e você poderá notar isso ao ver os ingrendientes dos pratos típicos. São as seguintes:

  • Faz um grande uso de azeite, alho e ervas, principalmente louro, alecrim, sálvia e hortelã.
  • O vegetal mais usado nos pratos típicos de Roma é a alcachofra.
  • Nos séculos passados, a única carne que os pobres podiam comer eram as partes menos desejáveis, e todo tipo de miudezas e descartes. Por isso, você encontrará ingredientes como miúdos de boi, vísceras e outras partes “menos nobres” em vários pratos típicos de Roma.

Veja então 10 dicas de pratos típicos do Lazio:

 

1. Carciofi alla giudia

pratos típicos de roma

Literalmente alcachofra ao estilo judeu, as alcachofras alla giudia são um prato típico da culinária judaico-romana. A receita original envolve basicamente fritar alcachofras e temperá-las com sal e pimenta do reino.

Esta receita tem origens muito antigas. De fato, também é mencionado em livros de culinária e memórias do século XVI.

 

2. Supplì

Pratos típicos de Roma - Suppli

Bolinhos de arroz recheados fritos e crocantes, o supplì é uma especialidade imperdível da culinária romana, servidos sobretudo “al telefono”, ou seja, ao telefone. O que isso significa? Simples: dividindo o supplì em duas partes, o queijo deve puxar suavemente, sem quebrar.

Na prática, as duas metades devem ficar unidas pelo queijo, como se fosse um fio de telefone daqueles antigos. Rústicos e muito saborosos, os supplìs em Roma são um verdadeiro carro-chefe da comida de rua, uma guloseima que você não pode deixar de experimentar, seja como lanche, petisco ou entrada.

O nome supplì provavelmente deriva da palavra surprise (surpresa), para indicar o recheio de queijo, característica da preparação. Hoje em dia, os supplìs são preparados temperando o arroz com molho à bolonhesa, mas a receita original, no entanto, incluía o uso de miúdos de frango, tanto que alguns lugares ainda respeitam esse costume antigo da culinária romana.

 

3. Bucatini all’Amatriciana

Pratos típicos de Roma - Amatriciana

Este prato, nascido em Amatrice – uma cidade de pouco menos de 2.500 habitantes na província de Rieti, da qual deriva o nome da receita – é um clássico da culinária tradicional do Lazio e pode ser encontrado em praticamente todos os restaurantes não só de Roma, como das outras cidades da região (e, claro, também em restaurantes italianos no exterior).

A receita original da amatriciana é feita de poucos ingredientes simples, mas fundamentais. É absolutamente proibido o uso de alho, cebola e bacon! Usa-se apenas guanciale (bochecha de porco curada e defumada), massa de tomate ou tomates pelados, azeite, vinho branco, sal e pimenta do reino.

Uma curiosidade: Outro prato típico do Lazio é a pasta alla gricia. É como uma amatriciana, porém sem o tomate.

 

4. Carbonara

Foto: Gaku (Flickr)

A carbonara é um assunto polêmico na Itália, começando pela sua história. De fato, não se sabe exatamente como foi criada, e cada um tem uma teoria. Além disso, tem o uso dos ingredientes, pois a versão correta leva guanciale (bochecha de porco) e não bacon defumado, ou uso de apenas gemas e não ovos inteiros. No entanto, algo que todos concordam, é que é proibidíssimo usar creme de leite!

Por fim, uma das hipóteses sobre a origem da carbonara é aquela que diz que o molho teria surgido quando as tropas anglo-americanas chegaram ao Lazio durante a II Guerra Mundial (ovos e bacon é uma combinação típica americana!). Além disso, para solidificar ainda mais esta teoria, temos o fato que nos manuais de culinária romana, pelo menos até 1944, não havia vestígios da carbonara. Ninguém a citava!

 

5. Penne all’arrabbiata

Penne all’arrabbiata (arrabbiata significa “zangada”) é um prato típico da culinária do Lazio, mas agora já entrou na tradição gastronômica italiana. O ingrediente chave? Obviamente, a pimenta. É uma massa bem ardida, por isso a palavra “zangada”! 🙂

Tomate, alho, cebola, pimenta e algumas folhas de ervas aromáticas são tudo o que você precisa para preparar uma boa porção de penne all’arrabbiata. Sem dúvida é uma receita realmente fácil de fazer e simpes. O toque final? Uma generosa pitada de pecorino, sempre presente nos melhores pratos da cozinha romana.

 

6. Cacio e Pepe

Cacio e Pepe é uma massa típica da cozinha romana, uma receita barata e rápida que requer poucos ingredientes muito simples. Antes de mais nada, macarrão, pecorino romano e bastante pimenta do reino.

De origem camponesa, esta massa nasceu da necessidade de colocar uma refeição substancial na mesa com os poucos recursos disponíveis. Além disso, as origens do prato podem ser encontradas nos hábitos dos pastores da zona rural romana, que durante a transumância carregavam consigo alimentos nutritivos e que durassem bastante. Com o tempo, a receita se espalhou rapidamente da zona rural do Lazio para as regiões da Itália central, conquistando admiradores em todo o país e também no exterior.

 

7. Coda alla vaccinara

Pratos típicos de Roma - coda alla vaccinara
Pratos típicos de Roma – coda alla vaccinara. Foto: emanuele75 – Flickr

A coda alla vaccinara é um prato da culinária romana popular, semelhante à rabada. De fato, é um ensopado de rabo de vitela cozido com tomate sem pele, cebola, cenoura, aipo e alho, mas enobrecido por alguns ingredientes que há muito permanecem em segredo. Cada que pessoa que o prepara tem seu truque!

 

8. Pratos típicos de Roma: Porchetta

A porchetta (pronuncia “porqueta”) é uma carne de porco assada e sem osso. Ela é a rainha das fraschette, as tavernas rústicas típicas do Castelli Romani, ou seja, as cidazinhas localizadas nas colinas próximo a Roma.

Os habitantes de Ariccia, no Lazio, reivindicam a autoria da receita original, supostamente datando da época pré-romana e da população latina. De fato, a nobreza romana costumava se deslocar, durante a temporada de verão, para as colinas de Ariccia, onde as viagens de caça e suntuosos banquetes eram frequentemente organizados. Além disso, dizem que o imperador Nero gostava tanto de porchetta que a elegeu como seu prato favorito.

Enfim, a preparação original da porchetta segue este procedimento: primeiramente pega-se uma porca fêmea (daí o nome porchetta) com cerca 100kg, depois ela é temperada enchendo o interior com sal, pimenta do reino e outras especiarias, que dependem da área de produção. Em seguida, é assada por um tempo que varia entre 6 e 8 horas, a uma temperatura de cerca de 200 graus. Além disso, a cada hora a porchetta é retirada do forno e coberta com a “banha” derramada da própria carne, um procedimento que faz com que ela fique com a típica casquinha croncante.

 

9. Saltimbocca alla Romana

Saltimbocca alla romana é um delicioso prato de carne típico da culinária do Lazio. São fatias de vitela com recheio de presunto cru e sálvia, refogadas em vinho e manteiga. 

Com toda a certeza o nome do prato já diz muito. Esses bifinhos muito macios são realmente irresistíveis, literalmente prontos para explodir na boca.

 

10. Trippa alla Romana

Pratos típicos de Roma - trippa alla romana
Foto: Sulin – Flickr

 

A tripa ao estilo romano é um prato tradicional da cozinha do Lazio. Sem dúvida ele nasceu como um prato de origem pobre, para reaproveitar as partes menos valiosas do gado, como as vísceras.

Enfim, para preparar a trippa alla romana, cozinha-se as tripas com vinho branco e molho de tomate. Em seguida, finaliza-se com outros dois ingredientes sempre presentes ​​na cozinha romana: queijo pecorino e hortelã.

Gostou? Então compartilha!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Conteúdo protegido!!